Ama Sc
Sistema de Busca Interno

Nível do Sistema Cantareira e de outros dois mananciais fica estável

O nível do Sistema Cantareira se mantém estável pelo segundo dia consecutivo e opera com 15,7% da sua capacidade neste domingo (25), de acordo com boletim da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). O reservatório ainda opera no chamado “volume morto”, também conhecido como reserva técnica.

O índice de 15,7% do Sistema Cantareira considera o cálculo feito com base na divisão do volume armazenado pelo volume útil de água. O manancial registrou chuva de 0,1 mm nas últimas 24 horas.

Após ação do Ministério Público (MP), aceita pela Justiça, a companhia passou a divulgar outros dois índices para o Sistema Cantareira.

O segundo índice leva em consideração a conta do volume armazenado pelo volume total de água do Cantareira e era de 12,1% neste domingo. O terceiro índice leva em consideração o volume armazenado menos o volume da reserva técnica pelo volume útil e era de -13,6 % na manhã de domingo.

Demais reservatórios – O nível da represa Guarapiranga também se manteve estável neste domingo e registra 76,2% da sua capacidade. O Alto Cotia se manteve operando com a mesma capacidade de 58,1%.

Já os mananciais Alto Tietê e Rio Claro, tiveram queda neste domingo e operam com 13,7% e 54,7%, respectivamente, das suas capacidades respectivamente.

No Sistema Rio Grande a queda foi de 0,2 pontos percentuais e passou de 86,2% para 86% nas últimas 24 horas.

Inverno – O Cantareira teve o inverno mais chuvoso desde 2009, segundo levantamento do G1 feito com base nos dados divulgados diariamente pela Sabesp. A estação, que começou em 21 de junho, terminou às 5h20 do dia 23 de setembro.

O manancial recebeu 188,9 milímetros de chuva no período, maior marca dos últimos seis anos. A precipitação é 82% maior que a do inverno do ano passado, quando choveram 103,5 mm, mas muito menor que a marca de sete anos atrás: 323,8 mm, em 2009.

Apesar do balanço positivo de chuvas, o sistema seguiu perdendo água durante a estação e ainda está operando no volume morto.

Fonte: Ambiente Brasil

 

Voltar
 Ama Sc
Downloads
AMASC - AGÊNCIA DO MEIO AMBIENTE - Todos os Direitos Reservados
Rua Leopoldo Ledra, 585, Santana e
Parque Universitário Norberto Frahm - Rua Herculano Nunes Teixeira, 105 - Bairro: Centro - Rio do Sul-SC - CEP 89160-000
Fones: (47) 3521-2324, (47) 3521-3000 e (47) 9951-3123
atendimento@amasc.com.br