Ama Sc
Sistema de Busca Interno

Governo promove agricultura familiar

A agricultura familiar, a segurança alimentar e o combate à pobreza estarão entre as prioridades do governo federal. O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, afirmou nesta quarta-feira (17/08) que medidas de apoio ao pequeno produtor serão fundamentais para o desenvolvimento sustentável do país. A declaração foi dada na abertura da Feira dos Povos do Brasil e da exposição Outras Vidas, ambas no Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

O objetivo é fomentar atividades que integrem produção e conservação ambiental. “O caminho que buscamos é o de desenvolvimento com justiça social, garantindo os direitos de todos”, afirmou o ministro. Segundo ele, as associações e cooperativas dos pequenos produtores são essenciais nesse processo. “O trabalho deles comprova que é possível conviver com a natureza e a produção sem que haja antagonismo”, afirmou o ministro.

Inclusão - A Feira dos Povos do Brasil reúne produtores de várias partes do país com alimentos e artesanatos produzidos de maneira sustentável. A secretária executiva do Conselho Nacional dos Povos e Comunidades Tradicionais, Kátia Favilla, destacou a importância da iniciativa para incentivar os grupos que mantêm suas tradições e garantem a conservação da biodiversidade. “Temos a missão de promover a inclusão social e produtiva de todos”, afirmou.

A consciência ambiental faz parte da rotina dos expositores. Baiana de Salvador, a coordenadora da Associação de Cultura Patrimônio Bantu, Rose Vidal, contou que não abre mão de uma série de cuidados como a destinação correta do óleo de dendê usado no preparo dos alimentos servidos pelo grupo. “Temos uma preocupação que vem desde cedo com o que fazemos com a natureza”, relembrou. “Essa é uma oportunidade para empreender, divulgar nosso trabalho e contribuir para o meio ambiente”, acrescentou.

Sete biomas – O evento é uma parceria do Ministério do Meio Ambiente (MMA) com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) e ocorrerá em dois locais: no Jardim Botânico do Rio de Janeiro (de 18 a 21) e na Casa Brasil (nos dias 19 e 20). Montada na Praça Mauá, a Casa Brasil é um espaço para divulgar o país durante os jogos olímpicos.

Foram selecionados empreendimentos dos sete biomas brasileiros: Amazônia, Caatinga, Cerrado, Costeiro e Marinho, Mata Atlântica, Pampa e Pantanal. Participam associações, cooperativas ou redes de comercialização de indígenas, quilombolas, pantaneiros, povos de matriz africana e de terreiro, extrativistas, pescadores artesanais, entre outras comunidades tradicionais.
Fonte: Ambiente Brasil

Voltar
 Ama Sc
Downloads
AMASC - AGÊNCIA DO MEIO AMBIENTE - Todos os Direitos Reservados
Rua Leopoldo Ledra, 585, Santana e
Parque Universitário Norberto Frahm - Rua Herculano Nunes Teixeira, 105 - Bairro: Centro - Rio do Sul-SC - CEP 89160-000
Fones: (47) 3521-2324, (47) 3521-3000 e (47) 9951-3123
atendimento@amasc.com.br